Buscar
  • Valerio Augusto Pinto

A lenda do café e o pastor Kaldi e suas cabras

Atualizado: 28 de Nov de 2019


Entre a primeira observação do pastor Kaldi na Etiópia das frutas vermelhas, em torno de 1.000 anos atrás, e o primeiro cultivo que se tem notícia no ano de 575 no Yêmen passaram-se quase 500 anos, e somente no século XVI, na Pérsia, os primeiros grãos foram torrados para se transformar no nosso café como bebemos hoje.

(registrada em manuscritos do Iêmen, do ano de 575, é considerada a primeira referência alusiva ao café)

A lenda do café

Não há evidência real sobre a descoberta do café, mas há muitas lendas que relatam sua possível origem.

Uma das mais aceitas e divulgadas é a de um jovem pastor Kaldi, que viveu na Absínia, hoje Etiópia, há cerca de mil anos. Ela conta que Kaldi tomava conta do seu rebanho de cabras numa montanha árida e ressecada. Observando suas cabras, Kaldi percebeu, durante certas noites, que alguns de seus animais desapareciam atrás da montanha por algumas horas e voltavam saltitantes. Uma noite, ele as seguiu. Viu que engoliam com muito apetite pequenos frutos vermelhos de uma planta desconhecida. Que elas ficavam alegres e que esta energia extra se evidenciava sempre que mastigavam os frutos de coloração amarelo-avermelhada dos arbustos existentes em alguns campos de pastoreio.

Pastor Kaldi e suas cabras

O pastor notou que as frutas eram fonte de alegria e motivação, e somente com a ajuda delas o rebanho conseguia caminhar por vários quilômetros por subidas infindáveis. Kaldi recolheu e experimentou alguns grãos. Sentiu em sua boca uma agradável sensação refrescante.

Kaldi comentou sobre o comportamento dos animais a um monge da região, que decidiu experimentar o poder dos frutos. O monge apanhou um pouco das frutas e levou consigo até o monastério. Ele começou a utilizar os frutos na forma de infusão, percebendo que a bebida o ajudava a resistir ao sono enquanto orava ou em suas longas horas de leitura do breviário. Esta descoberta se espalhou rapidamente entre os monastérios, criando uma demanda pela bebida. As evidências mostram que o café foi cultivado pela primeira vez em monastérios islâmicos no Yemen.

Tudo leva a crer que exemplares nativos dessa espécie podiam ser encontrados em toda a faixa equatorial que atravessa o continente africano, desde a Etiópia até o Congo, alcançando o sul de Angola.

As mais aprofundadas investigações históricas têm permitido estabelecer que o uso da beberagem feita com as sementes do cafeeiro foi iniciado pelos árabes do Iêmen, onde ocorreram as primeiras plantações, no sétimo século da nossa era, portanto entre os anos 600 e 700 DC. O "kahwah" ou "cavé" fora, então, para ali trazido de longe, de sua pátria, das terras altas da misteriosa Abissínia, onde não se Ihe conhecia qualquer uso.


Compilado pela Equipe do Café SuperCanastra


42 visualizações

SuperCafé Alimentos Ltda

Rua Francisco de Paula Xavier, 339

Piumhi - MG - CEP: 37.925-000

CNPJ: 17.320.155./0001-08

  • Facebook
  • Instagram

©2020 Café Super Canastra. Todos os direitos reservados.