Buscar
  • Valerio Augusto Pinto

Café mineiro com denominação de origem, igual vinho de qualidade

Atualizado: 10 de Out de 2019


Em matéria publicada por Alana Gandra da Agência Brasil em 07/01/2014, ela nos informa que os produtores da região do cerrado mineiro conseguem a titulação emitida pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial


Tal qual ocorre no mundo dos vinhos, em que os produtos de uma região, cujas qualidades ou caraterísticas se devem essencial ou exclusivamente aos fatores naturais e humanos do local, recebem titulações específicas, como DOC (denomicação de origem controlada), em Portugal, ou AOC (appellation d'origine contrôlée), o café produzido no cerrado mineiro ganha o primeiro registro de denominação de origem (DO) do grão, no país.

O café nacional já tem quatro indicações de procedência (IP), mas esse novo registro é o primeiro que prova o vínculo do café com o meio ambiente. Tanto o DO como o IP são indicações geográficas. Elas se referem a produtos ou serviços que tenham uma origem geográfica específica. O registro reconhece reputação, qualidades e características que estão vinculadas ao local. De acordo com o Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi), responsável pela titulação, esse reconhecimento mostra que a região se especializou e tem capacidade de produzir um artigo diferenciado e de excelência.

A região do cerrado mineiro possui cerca de 3,5 mil produtores e uma área de 147 mil hectares, distribuídos por 55 municípios localizados no Alto Paranaíba, Triângulo Mineiro e noroeste de Minas, que apresentam um padrão climático uniforme, com verões quentes e úmidos e invernos amenos e secos. Isso permite a produção de cafés de reconhecida qualidade.

Atendendo ao regulamento de uso da DO, as variedades utilizadas são, obrigatoriamente, da espécie Coffea arabica, informou a assessoria de imprensa do Inpi.

Em 2005, a região do Cerrado mineiro foi reconhecida como indicação de procedência. Esse é o segundo registro de indicação geográfica brasileira concedido pelo órgão. O primeiro foi para os vinhos do Vale dos Vinhedos, no Rio Grande do Sul.

Compilado pela equipe do Café SuperCanastra


30 visualizações

SuperCafé Alimentos Ltda

Rua Francisco de Paula Xavier, 339

Piumhi - MG - CEP: 37.925-000

CNPJ: 17.320.155./0001-08

  • Facebook
  • Instagram

©2020 Café Super Canastra. Todos os direitos reservados.