Buscar
  • Valerio Augusto Pinto

Linha do tempo do Café de 1714 a 1944


· 1714 – O rei francês Louis XIV é presenteado com plantas de café pelo burgomestre de Amsterdã. Estas são colocadas na estufa dos jardins de Versailles. Destas mudas, os franceses levam o café para as Ilhas de Sandwich e Bourbon.


· 1718 – Holandeses levam o café para o Suriname, região Nordeste da América do Sul, que se transforma em um grande centro produtor.


· 1720 – Floriano Francesconi inaugura o café Florian na Piazza San Marco, em Veneza, até hoje uma tradição.


· 1723 – Gabriel Mathieu de Clieu, capitão da marinha francesa viaja para a Martinica levando mudas de café. A viagem é longa e algumas mudas morrem. O capitão resolve dividir com elas a sua ração de água para que chegassem ao continente. As plantas sobrevivem à viagem e se adaptam muito bem ao clima local. Infelizmente, o capitão, que já tinha 80 anos na época da viagem, não ficou vivo o suficiente para ver os resultados de seus esforços. Elas deram origem a grandes plantações, que seriam as ancestrais da América.


· 1727 – Primeira plantação de café em terras brasileiras. O café começa a ser cultivado no Pará, a partir de semente trazida do Suriname por Francisco de Melo Palheta.


· 1730 – Ingleses iniciam plantações na Jamaica, dando origem ao famoso café Blue Mountain.


· 1732 – Johann Sebastian Bach compõe a Cantata ao Café. As cafeterias já haviam se tornado um local para apreciação da música.


· 1760 – Mudas de Goa são trazidas para o Rio de Janeiro. O café é plantado na Gávea e na Tijuca por João Alberto Castello Branco.


· 1779 - Inicio das exportações brasileiras, os primeiros embarques foram realizados em 1779, com a insignificante quantia de 79 arrobas. Somente em 1806 as exportações atingiram um volume mais significativo, de 80 mil arrobas.


· 1820 – O cientista alemão Ferdinand Runge descobre a cafeína a partir do café.


· 1825- No Brasil, em condições favoráveis, a cultura se estabeleceu inicialmente no Vale do Rio Paraíba, iniciando em 1825 um novo ciclo econômico no país.


· 1843 – Depois de avançar pelo Vale do Paraíba, o café torna-se uma commodity importante para os brasileiros e chega a Campinas, consagrando-a como capital da cafeicultura paulista.


· 1860 – O Brasil torna-se uma grande potência exportadora de café, com 26 milhões de pés plantados.


· 1867 – Inaugurada a Estrada de Ferro Santos-Jundiaí, que unia o principal porto de exportação à região produtora de café.


· 1900 – Ludwig Roselius coloca no mercado o primeiro café sem cafeína.


· 1906 – Santos Dumont realiza seu primeiro vôo com o 14 Bis e reforça sua imagem de maior cafeicultor do mundo, conhecido como “ o rei do café” , divulgando sua marca “Santos” por toda a Europa.


· 1929 – Com a crise decorrente da quebra na Bolsa de Nova York, há uma desestabilização do mercado. O financiamento junto aos bancos estrangeiros é interrompido, e os preços despencam, levando o setor para uma enorme crise.


· 1944 – Fim do domínio brasileiro no mercado de café.

2 visualizações

SuperCafé Alimentos Ltda

Rua Francisco de Paula Xavier, 339

Piumhi - MG - CEP: 37.925-000

CNPJ: 17.320.155./0001-08

  • Facebook
  • Instagram

©2020 Café Super Canastra. Todos os direitos reservados.